Ola!

"A felicidade não passa de um sonho, e a dor é real... Há oitenta anos que o sinto. Quanto a isso, não posso fazer outra coisa senão me resignar, e dizer que as moscas nasceram para serem comidas pelas aranhas e os homens para serem devorados pelo pesar."(Schopenhauer)

sexta-feira, 31 de outubro de 2014

O Dama e o Prestidigitador


Estava olhando a campina,
E na campina vi total liberdade.
O balanço e remanso pleno do vento,
A espera da tarde.
Poderia eu maquiar o que vês,
Sem as imagens que ilusiono-me,
Meu amor, minhas vistas são estas margens,
Sobremaneiramente acode-me,
Táctil lembrança só tua,
Nem vi mágica tua de quereres,
Que saudades me leve tanto,
O sol de basilares sem sombras nem esgueiros...
Só a rama silvestre e campins-santo.
Teus cabelos são estas paragens,
Onde brindam meus olhos conselheiros,
São de negro torpor decaindo nos ombros,
É todo amor, soltos para os pegar em mãos destarte;
Cabelos, beleza e flor.
Espero a passagem da tarde como quem espera,
Divina lembrança tua, e a natureza assemelha teu corpo nu.

(Cléber Seagal)

Nenhum comentário:

Postar um comentário